sábado, 11 de outubro de 2014

A saga e a consciência do nordestino

Antes de vomitar seus preconceitos e seu rancor contra os nordestinos, por que deram o voto mais consciente do primeiro turno, na condição de cearense e migrante, recomendo ouvir essas três belas composições que retratam a luta diária dos conterrâneos assumida com determinação pela primeira vez através do governo do pernambucano Lula e abraçada pela mineira Dilma.

A triste partida

Poema de Patativa do Assaré na voz de Luiz Gonzaga


CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR "A TRISTE PARTIDA" ILUSTRADA
POR OBRAS DO GRANDE PINTOR CÂNDIDO PORTINARI

Quixabeira
Baião de Humberto Teixeira na voz de Solon Salles


CLIQUE NA IMAGEM PARA OUVIR "QUIXABEIRA" DE HUMBERTO
TEIXEIRA O GRANDE COMPOSITOR DE "ASA BRANCA"


Baiano burro nasce morto
de Gordurinha (cena do filme "Titio não é sopa")
CLIQUE IMAGEM E VEJA A APRESENTAÇÃO DE GORDURINHA
COM A PARTICIPAÇÃO DO ATOR MÁRIO TUPINABÁ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Jornalista desde 1961, quando foi ser repórter da ÚLTIMA HORA, PEDRO PORFÍRIO acumulou experiências em todos os segmentos da comunicação. Trabalhou também nos jornais O DIA e CORREIO DA MANHÃ, TRIBUNA DA IMPRENSA, da qual foi seu chefe de Redação, nas revistas MANCHETE, FATOS & FOTOS, dirigiu a Central Bloch de Fotonovelas. Chefiou a Reportagem da Tv Tupi, foi redator da Radio Tupi teve programa diário na RÁDIO CARIOCA. Em propaganda, trabalhou nas agências Alton, Focus e foi gerente da Canto e Mello. Foi assessor de relações públicas da ACESITA e assessor de imprensa de várias companhias teatrais. Teatrólogo, escreveu e encenou 8 peças, no período de 1973 a 1982, tendo ganho o maior prêmio da crítica com sua comédia O BOM BURGUÊS. Escreveu e publicou 7 livros, entre os quais O PODER DA RUA, O ASSASSINO DAS SEXTAS-FEIRAS e CONFISSÕES DE UM INCONFORMISTA. Foi coordenador das regiões administrativas da Zona Norte, presidente do Conselho de Contribuintes e, por duas vezes, Secretário Municipal de Desenvolvimento Social. Exerceu também mandatos em 4 legislaturas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, sendo autor de leis de grande repercussão social.