sábado, 19 de novembro de 2011

Romário, a boa surpresa, como protagonista de uma AGENDA POSITIVA na política

O que você acha? Responda-me no facebook 
 http://www.facebook.com/porfiriolivre#!/porfirio2012

Romário é a agradável surpresa da política brasileira, por suas posições firmes e coerentes e pela disposição de "aprender e crescer" com honestidade, todos os dias. Tanto na sua atuação parlamentar, como nas entrevistas concedidas, ele tem falado o que gostaríamos, como definiu muito bem Luiza Fraga, ex-comissária da Varig. A questão é saber até onde ele pode chegar. Gostaria de conhecer sua opinião através do Facebook, de acesso fácil, que parece o espaço mais adequado para discussões objetivas e multiplicadoras, permitindo uma comunicação instantânea entre nós. Solicito que você se manifeste AGORA MESMO, na minha página http://www.facebook.com/porfiriolivre#!/porfirio2012




Na minha página,  facebook você pode se posicionar simplesmente clicando em CURTIR a matéria postada. Este é o “primeiro passo”. Clicando em CURTIR, estará integrando-se na página, oferecendo também sua opinião e conhecendo as demais. Será uma oportunidade para que tenhamos um novo e dinâmico canal de comunicação, com um debate rápido a respeito de temas previamente postos. Estou esperando pelo seu clique em CURTIR em http://www.facebook.com/porfiriolivre#!/porfirio2012
 Quanto antes sua manifestação, melhor para me ajudar a elaborar uma tese alternativa que sugira uma AGENDA POSITIVA em contraste com os desalentadores comportamentos dos nossos políicos, RESPONSÁVEÍS, queiramos ou não, pelos destinos de nosso país.
Romário atento a Alexandre Cardoso, presidente do PSB fluminense, que o introduziu na poítica

Um comentário:

  1. Anônimo9:57 AM

    Vamos torcer para que o PEIXE resista às tentações e não venda seu alma ao diabo !!!

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Jornalista desde 1961, quando foi ser repórter da ÚLTIMA HORA, PEDRO PORFÍRIO acumulou experiências em todos os segmentos da comunicação. Trabalhou também nos jornais O DIA e CORREIO DA MANHÃ, TRIBUNA DA IMPRENSA, da qual foi seu chefe de Redação, nas revistas MANCHETE, FATOS & FOTOS, dirigiu a Central Bloch de Fotonovelas. Chefiou a Reportagem da Tv Tupi, foi redator da Radio Tupi teve programa diário na RÁDIO CARIOCA. Em propaganda, trabalhou nas agências Alton, Focus e foi gerente da Canto e Mello. Foi assessor de relações públicas da ACESITA e assessor de imprensa de várias companhias teatrais. Teatrólogo, escreveu e encenou 8 peças, no período de 1973 a 1982, tendo ganho o maior prêmio da crítica com sua comédia O BOM BURGUÊS. Escreveu e publicou 7 livros, entre os quais O PODER DA RUA, O ASSASSINO DAS SEXTAS-FEIRAS e CONFISSÕES DE UM INCONFORMISTA. Foi coordenador das regiões administrativas da Zona Norte, presidente do Conselho de Contribuintes e, por duas vezes, Secretário Municipal de Desenvolvimento Social. Exerceu também mandatos em 4 legislaturas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, sendo autor de leis de grande repercussão social.