domingo, 24 de outubro de 2010

Dilma ultrapassa Serra na enquete do blog PORFÍRIO LIVRE

Com  262 votos já postados, Dilma Rousseff ultrapssou Serra, na enquete do blog PORFÍRIO LIVRE. Às 6 horas da manhã deste dia 24,  Dilma havia recebido 124 indicações (47%), enquanto o candidato tucano somava 114 (43%), cálculo feito automaticamente pelo programa do “blogspot”. Os indicativos de votos nulos somavam 18 (6%), indecisos, 5, e branco, 1. Você ainda tem mais 6 dias para votar. Reiteramos que essa enquete não pretende ser uma pesquisa, mas refletir apenas manifestações espontâneas dos leitores do blog e de nosso JORNAL ELETRÔNICO POR CORRESPONDÊNCIA.
Não há nenhuma semelhança de espécie alguma entre a enquete e as pesquisas realizadas pelos institutos especializados.  No entanto, há uma coincidência em relação ao melhor posicionamento da candidata petista  nas recentes pesquisas do IBOPE e do DATAFOLHA.
No nosso caso, não tenho elemenos para explicar a reviravolta. Ao todo, o JORNAL é enviado para cerca de 6 mil destinatários, que formam um amplo arco de opiniões.  Tenho notado na internet e nas ruas do Rio de Janeiro uma intensificação das campanhas com vistas às eleições do dia 31 de janeiro.
Pessoalmente, ainda me incluo entre os indecisos. Como você sabe, no primeiro turno votei em Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL. No caso desta enquete, não tenho nenhuma interferência, nem mesmo nos votos familiares - aí incluindo o da mulher e dos filhos.
Finalmente esclareço: a divulgação dos resultados pelo JORNAL ELETRÔNICO POR CORRESPONDÊNCIA visa tão somente alertar os que ainda não votaram e já têm opinião.  Isto é, não traduzem nenhum sentimento pessoal.
Para votar, clique aqui. Depois confira o resultado, passando o mouse sobre os números que estiverem em amarelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Jornalista desde 1961, quando foi ser repórter da ÚLTIMA HORA, PEDRO PORFÍRIO acumulou experiências em todos os segmentos da comunicação. Trabalhou também nos jornais O DIA e CORREIO DA MANHÃ, TRIBUNA DA IMPRENSA, da qual foi seu chefe de Redação, nas revistas MANCHETE, FATOS & FOTOS, dirigiu a Central Bloch de Fotonovelas. Chefiou a Reportagem da Tv Tupi, foi redator da Radio Tupi teve programa diário na RÁDIO CARIOCA. Em propaganda, trabalhou nas agências Alton, Focus e foi gerente da Canto e Mello. Foi assessor de relações públicas da ACESITA e assessor de imprensa de várias companhias teatrais. Teatrólogo, escreveu e encenou 8 peças, no período de 1973 a 1982, tendo ganho o maior prêmio da crítica com sua comédia O BOM BURGUÊS. Escreveu e publicou 7 livros, entre os quais O PODER DA RUA, O ASSASSINO DAS SEXTAS-FEIRAS e CONFISSÕES DE UM INCONFORMISTA. Foi coordenador das regiões administrativas da Zona Norte, presidente do Conselho de Contribuintes e, por duas vezes, Secretário Municipal de Desenvolvimento Social. Exerceu também mandatos em 4 legislaturas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, sendo autor de leis de grande repercussão social.