segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Porque você não deve ser um deprimente voyeur

Enquanto é tempo, botar o dedo nas feridas é bom
“Quem continuará mandando no país vai ser Lula. Dilma diz que ela é o Lula. Então as coisas continuarão como estão, com a mesma corrupção, o mesmo manejo da coisa pública”.
Hélio Bicudo, 88 anos, fundador do PT e ex-vice de Lula.
Bicudo: o grito que estava parado no ar

Mais do que a perspectiva de uma vitória da candidata oficial, preocupa-me e a muitos brasileiros lúcidos a carga explosiva que a reveste ostensivamente, em meio a inércia chocante de formadores de opinião e pessoas de um certo nível de informação, extasiados pelo ambiente inebriante que contamina a atmosfera política.
Decididamente não estamos diante de um processo eleitoral limpo, balizado pelas clássicas regras de uma república democrática. Nem tampouco contemplamos a possibilidade de uma revolução social, embasada no conflito de classes, na potencialidade de uma mudança estrutural.
Nesse ponto, erram infantilmente os eternos prisioneiros das paranóias ideológicas, para os quais a facção governante intenciona pôr o Brasil na ante-sala do comunismo. Ao contrário, e nisso erram também muitos esquerdistas, o processo em curso em nosso país guarda um parentesco mais próximo com a peripécia nazista na Alemanha, que fez de um simples pintor de paredes, ex-cabo do Exército, nascido na vizinha cidade austríaca de Braunau am Inn, o maior ídolo de sua história.
Sob a égide da idolatria autoritária
Aqui entre nós, desatentos atávicos, engendra-se um modelo igualmente sustentado pela idolatria cega, geradora de novos códigos interpretativos e de fantasias tóxicas de fácil enraizamento no tecido social como um todo.
Poucos são os que percebem o alcance ameaçador desse novo poder que mescla interesses contrários na formatação de um modelo aperfeiçoado de autoritarismo personalista, de âmago conservador e reacionário, tão sofisticado que produz a assimilação contente das massas convertidas num rebanho acrítico e envenenado pelas migalhas homeopáticas servidas como se fossem as ervas do paraíso.
Mais do que um projeto político de premissas sociais, o que se gesta no Brasil, a partir da afirmação de uma liderança inteligente, mas de formação primária, vaidades, pactos e ambições incomensuráveis, é um “estado novo” modernoso, fundado na cristalização do patrimonialismo escancarado, capaz de seduzir potenciais contendores e cimentar uma arapuca inexpugnável e longeva.
A batalha deste três de outubro é apenas uma etapa de um projeto que se pretende inesgotável e hegemônico, em função do qual se dissemina o embuste do velho clichê, que absolve os meios imorais e  ilícitos quando os fins são vantajosos e co mpensadores.
A ditadura civil na incubadeira
Tal percepção assalta hoje a próceres de conduta ilibada, como o veterano Hélio Bicudo, que jamais poderá ser alcunhado de golpista, sob pena do mais estúpido ridículo. Fundador do PT, a quem agregou seu histórico de coragem, sabedoria e dignidade nos idos adversos, o ex-vice de Lula no pleito paulista de 1982 encabeçou um manifesto de grande alcance histórico, com assinaturas como as de Dom Paulo Evaristo Arns, Therezinha Zerbini (líder do movimento pela anistia e fundadora do PDT com Brizola), Miguel Reali Jr, José Carlos Dias e Leôncio Martins Rodrigues, cujo móvel é a constatação de que “hoje, no Brasil, inconformados com a democracia representativa se organizam no governo para solapar o regime democrático”.
Lembrado por seu combate aos “esquadrões da morte” na década de setenta, Hélio Bicudo já pressagia o mergulho do país numa ditadura civil, como em entrevista à A Gazeta On Line, transcrita na Folha de São Paulo: “o presidente da República ignora a Constituição, se acha acima do bem e do mal, e, com uma vitória que está delineada em favor da sua candidata, concentrará todos os poderes da República em suas mãos, além do apoio da maioria dos Estados e da população em geral. Com uma pessoa com esse potencial, e que não vê no ordenamento jurídico do país a maneira de estabilizar as discussões e debates, o Basil pode caminhar para uma ditadura civil, sem dúvida".
Fiador da corrupção como arma do poder
Sua verberação considera apenas os elementos explícitos de intervenções do presidente da República em confronto com a liturgia do cargo, em particular o proselitismo no corpo a corpo das ruas, que o destitui da condição essencial de um chefe de Estado maduro.
De fato, ele e seus parceiros de manifesto não disseram da missa um terço. Muito mais grave do que a panfletagem grotesca no exercício do cargo de presidente de todos os brasileiros tem sido suas práticas fiadoras da corrupção, da cooptação e do arrivismo, protegendo da punição exemplar auxiliares pilhados em atos ilícitos e estabelecendo alianças que, sem exagero, podem se configurar como verdadeiras formações de quadrilhas – tudo para consolidar um poder pessoal negociável e um estado de tolerância híbrido, ardiloso e sorrateiro.
Tem sido anestesiar pelo favorecimento com dinheiro público os movimentos sociais, entidades como a UNE e os sindicatos, enquanto utiliza uma grande rede de organizações não governamentais subsidiadas para o enquadramento da sociedade numa pasmaceira inerte e abjeta, enquanto fabrica novos milionários amigos e transforma a atividade especulativa do grande capital numa cartola dourada que faz a festa da plutocracia.
A tragédia do triunfalismo acrítico
Entre os muitos interlocutores na internet, deparo-me com todo tipo de partidário, preocupando-me muitas mentiras e baixarias, espargidas como se elas pudessem incluir-se vitoriosas no conflito sem pudor que denigre a potencialidade de uma sociedade sem peias.
Mas outro dia tive a curiosidade de perguntar a um internauta panfletário qual a sua idade. Surpreendeu-me saber que ele tinha 56 anos e era advogado civilista em Santos. Não podia imaginar que alguém da sua vivência e da sua cultura fosse tão rasteiro no seu triunfalismo acrítico, dedicando-se a cada hora a disparar e-mails sobre a inutilidade de qualquer posição que não fosse de loas à candidata oficial, cuja gestação por si já foi mais do que um desacato às práticas do seu atual partido: foi um atestado de óbito no que os batedores dessa agremiação proclamavam como virtude pétrea e exemplar, a escolha a partir ou com a audiência das bases.
A partir dele – e de outros “articulistas” contumazes – todos com pretensos matizes de esquerda, deparei-me com a tragédia do adesismo, muitas vezes sob impulsos de puras paixões, sem qualquer vantagem pessoal. Vi claramente a supremacia dos elementos subjetivos colaterais sobre os fatos concretos, ostensivos, emblemáticos.
Ao longo da minha vida jamais poderia imaginar que a cidadania sofresse de um mal crônico – o das torcidas de futebol, que xingam o juiz quando prejudica seu time, mas que o aplaudem freneticamente quando os favorece.
Esse acumpliciamento erógeno poderá ser o fermento da grande tragédia institucional por vir. Uma tragédia que vai levar em sua torrente muitos dos que hoje participam da orgia de um poder infectado pelos vírus da trapaça ou simplesmente se saciam fora dele como incorrigíveis voyeurs.

Pesquisa do PORFÍRIO LIVRE surpreende: Serra tinha 51% dia 27, às 21 horas.
Às 21 horas deste dia 27 de setembro, o resultado da pesquisa do meu blog www.porfiriolivre.info me surpreendia. Serra tinha 51% das indicações e Dilma estava em terceiro lugar, com 15%. Você tem até sábado para votar. O programa do blogspot me parece seguro, isto é, ele detecta o ip de um computador, evitando que uma mesma pessoa vote duas vezes desse endereço.
Serra: 114 (51%)
Marina: 42 (19%)
Dilma: 34 (15%)
Plínio: 19 (8%)
Outros: 6 (2%)
Ninguém: 5 (2%)

16 comentários:

  1. Em relação a matéria original do Bicudo: "Discordo do Bicudo, pelo menos no título da matéria,

    Pensa comigo, um cara fica tomando porrada 8 anos, sem dedo, sem estudo, ignorante. Centenas de e-mails com as mais terríveis injúrias.

    Desde daquele bendito spam que recebi em março e repassei a algum tempo, a pedra já estava cantada. As manchetes diziam uma coisa e a matéria outra. Ainda estamos esperando o desenrolar da tal quebra do sigilo, mas parece que não vai dar tempo. Pode acertar em alguém daqui...

    Lula está se despedindo, já está retirando o terno e usando uma camisa de manga comprida fora da calça, ou seja, está se relaxando. Portanto é natural que ele rebata a quantidade infindável de acusações, a maior parte levianas.

    Até mesmo o caso Erenice, como já disse aqui, há que se olhar também a qualidade do denunciante.

    Veja o caso do DEM, ele apenas rebateu ao banqueiro Jorge B sei lá.

    Dilma, terrorista, assassina, aborteira, comunista, amante de não sei quem, namorada da E. Mas se as fichas são verdadeiras é o Serra quem tem um assassinato nas costas. E o diploma dele não apareceu até hoje.

    Quanto ao Irã, veja como são as coisas, e a foia noticiou anteontem. Hillary agradeceu ao nosso premier a ajuda brasileira na libertação da americana que passeando pelo deserto, ela e mais dois, que entraram em território iraniano(fazendo o que lá?!).

    Lula está pondo o Brasil no primeiro mundo, goste-se dele ou não! O Brasil é novo player neste jogo duro, mas com finesse.

    Quanto a Minas, pobre e podre Minas, está toda blindada. Pena.

    O Bicudo e os outros, estes sim, babando, não entenderam que tinha um trator se achando partido político. Lula só reagiu(A Falha afinou hoje).

    Agora concordo que há que se tirar uma parte de PT paulista e sindical e voltar um pouco da intelectualidade que se afastou ao logo desses últimos anos.

    Aqui não é Venezuela e não há espaço para golpistas, mas a velha mídia tentou e com tentou, mas a web não deixou.

    Bicudo está mais para moralista do que um homem de esquerda e cá para nós, com esse pré-sal deste tamanho, a quarta frota rondando, 36 aviões não é nada."

    ResponderExcluir
  2. Em relação a matéria original do Bicudo: "Discordo do Bicudo, pelo menos no título da matéria,

    Pensa comigo, um cara fica tomando porrada 8 anos, sem dedo, sem estudo, ignorante. Centenas de e-mails com as mais terríveis injúrias.

    Desde daquele bendito spam que recebi em março e repassei a algum tempo, a pedra já estava cantada. As manchetes diziam uma coisa e a matéria outra. Ainda estamos esperando o desenrolar da tal quebra do sigilo, mas parece que não vai dar tempo. Pode acertar em alguém daqui...

    Lula está se despedindo, já está retirando o terno e usando uma camisa de manga comprida fora da calça, ou seja, está se relaxando. Portanto é natural que ele rebata a quantidade infindável de acusações, a maior parte levianas.

    Até mesmo o caso Erenice, como já disse aqui, há que se olhar também a qualidade do denunciante.

    Veja o caso do DEM, ele apenas rebateu ao banqueiro Jorge B sei lá.

    Dilma, terrorista, assassina, aborteira, comunista, amante de não sei quem, namorada da E. Mas se as fichas são verdadeiras é o Serra quem tem um assassinato nas costas. E o diploma dele não apareceu até hoje.

    Quanto ao Irã, veja como são as coisas, e a foia noticiou anteontem. Hillary agradeceu ao nosso premier a ajuda brasileira na libertação da americana que passeando pelo deserto, ela e mais dois, que entraram em território iraniano(fazendo o que lá?!).

    Lula está pondo o Brasil no primeiro mundo, goste-se dele ou não! O Brasil é novo player neste jogo duro, mas com finesse.

    Quanto a Minas, pobre e podre Minas, está toda blindada. Pena.

    O Bicudo e os outros, estes sim, babando, não entenderam que tinha um trator se achando partido político. Lula só reagiu(A Falha afinou hoje).

    Agora concordo que há que se tirar uma parte de PT paulista e sindical e voltar um pouco da intelectualidade que se afastou ao logo desses últimos anos.

    Aqui não é Venezuela e não há espaço para golpistas, mas a velha mídia tentou e com tentou, mas a web não deixou.

    Bicudo está mais para moralista do que um homem de esquerda e cá para nós, com esse pré-sal deste tamanho, a quarta frota rondando, 36 aviões não é nada."

    ResponderExcluir
  3. Em relação a matéria original do Bicudo: "Discordo do Bicudo, pelo menos no título da matéria,
    Pensa comigo, um cara fica tomando porrada 8 anos, sem dedo, sem estudo, ignorante. Centenas de e-mails com as mais terríveis injúrias.
    Desde daquele bendito spam que recebi em março e repassei a algum tempo, a pedra já estava cantada. As manchetes diziam uma coisa e a matéria outra. Ainda estamos esperando o desenrolar da tal quebra do sigilo, mas parece que não vai dar tempo. Pode acertar em alguém daqui...
    Lula está se despedindo, já está retirando o terno e usando uma camisa de manga comprida fora da calça, ou seja, está se relaxando. Portanto é natural que ele rebata a quantidade infindável de acusações, a maior parte levianas.
    Até mesmo o caso Erenice, como já disse aqui, há que se olhar também a qualidade do denunciante.
    Veja o caso do DEM, ele apenas rebateu ao banqueiro Jorge B sei lá.
    Dilma, terrorista, assassina, aborteira, comunista, amante de não sei quem, namorada da E. Mas se as fichas são verdadeiras é o Serra quem tem um assassinato nas costas. E o diploma dele não apareceu até hoje.
    Quanto ao Irã, veja como são as coisas, e a foia noticiou anteontem. Hillary agradeceu ao nosso premier a ajuda brasileira na libertação da americana que passeando pelo deserto, ela e mais dois, que entraram em território iraniano(fazendo o que lá?!).
    Lula está pondo o Brasil no primeiro mundo, goste-se dele ou não! O Brasil é novo player neste jogo duro, mas com finesse.
    Quanto a Minas, pobre e podre Minas, está toda blindada. Pena.
    O Bicudo e os outros, estes sim, babando, não entenderam que tinha um trator se achando partido político. Lula só reagiu(A Falha afinou hoje).
    Agora concordo que há que se tirar uma parte de PT paulista e sindical e voltar um pouco da intelectualidade que se afastou ao logo desses últimos anos.
    Aqui não é Venezuela e não há espaço para golpistas, mas a velha mídia tentou e com tentou, mas a web não deixou.
    Bicudo está mais para moralista do que um homem de esquerda e cá para nós, com esse pré-sal deste tamanho, a quarta frota rondando, 36 aviões não é nada."

    ResponderExcluir
  4. KATIA D'ANGELO EM JLHO DO ANO PASSADO NO PROGRAMA DA LUCIANA GIMENEZ DENUNCIOU NAZISMO NO RIO DE JANEIRO. VEJAM:

    http://www.youtube.com/watch?v=3STAwJcj2J4

    http://katiadangelonua.blogspot.com/

    GOSTARIA QUE O PORFIRIO COMENTASSE.
    ABRAÇOS À TODOS!

    ResponderExcluir
  5. Por isso que eu vou anular o meu voto, não existe nenhum político honesto no meu país. Hoje eu tenho é vergonha de ser brasileira.

    ResponderExcluir
  6. Porfírio, uma pesquisa de um blog não representa o universo real, porque cada blog é frequentado predominantemente por pessoas de determinado espectro de ideologia política. A pesquisa permite votar duas vezes ... (ou quatro, cinco, seis, etc.). Por outro lado, dizer que haja qualquer tipo de autoritarismo em um futuro governo referendado pela maioria é grande exagero - é a mesma tese da milicada, que tenta comparar o regime deles com o atual, de maneira tosca e desajeitada. Enquanto o 'The Independent', jornal inglês não alinhado à grande mídia, diz que se aproxima o fecho do ciclo autoritário na América Latina, nossa direita diz o contrário ... (eles querem mais 'contragolpes' como o de 64).

    ResponderExcluir
  7. Anônimo12:26 PM

    Prezados,

    O importante é procurar a verdade, no meio de tanta mentira, é buscar sair da ignorância política.

    O importante, também, é buscar o auto-conhecimento, o controle das suas próprias emoções, positivas e negativas, deixando de ser um escravo destas emoções.

    O importante é aprender a jogar o "Jogo da Vida", e optar por uma sociedade mais justa.

    Enquanto a maioria for de ignorantes políticos (IP) e escravos das próprias emoções (EPE), continuaremos nesta sociedade hipócrita e injusta.

    Admitindo a evolução da espécie ao longo do tempo, em alguma data futura (4010 ??), os IP e EPE serão minoria e poderá ser contruída uma sociedade menos hipócrita e mais justa.

    Feliz 4010 !!!

    ResponderExcluir
  8. Prezado Porfírio
    Eu teria muitas coisas a dizer acerca desta sua última postagem, mas vou salientar somente dois pontos:
    (1) Não entendi bem a "comparação" do brazil com a Alemanha Nacional Socialista da segunda Guerra Mundial, pois poucos povos modernos tiveram a hombridade e a coragem de lutar pelos seus direitos, que foram criminosamente retirados com o Tratado de Versalhes, como os Alemães lutaram. Os Alemães não têm sangue de barata, como muitos outros povos que se dizem soberanos gostam de anunciar aos 4 ventos. Comparar "brazileiros" com "alemães" é impossível, pois são 2 povos com histórias, trajetórias e determinações diametralmente opostas. Ademais, discordo igual e totalmente da designação de "pintor de paredes" para Adolf Hitler. Tenho os livros e as dezenas de aquarelas (muito bonitas por sinal) feitas por Hitler. Possuem qualidades artísticas inegáveis. E quanto ao fato de Hitler ter sido um cabo, ficou faltando informar que Hitler - como cabo - recebeu 2 medalhas Cruz de Ferro por heroismo em combate (quando então quase ficou totalmente cego), sendo que a segunda Cruz de Ferro por enfrentar e matar, sozinho, 15 inimigos entrinheirados. Mas o que quero ressaltar não é a aparência de defesa dos alemães e/ou de Hitler que esta minha resposta pode parecer indicar, pois Hitler e os alemães dispensam comentários adicionais de brazileiros. O que quero salientar é que o brazileiro médio possui muito a "cara do Lula" conforme vc descreveu em sua postagem. O Congresso Nacional, a Imprensa mainstream, e o Judiciário, por exemplo, estão repletos de pessoas muito pior do que o Lula ... Aliás, MUITO PIOR !!! Digo isto tudo porque senão fica parecendo que os "grandes vilões" deste país são os lulas da silva, quando sabemos que milhões de brazileiros gostariam de fazer "coisas" idênticas (ou pior) do que o nosso presidente fez (ou faz). Em suma, cada país tem, aproximadamente, os representantes assemelhados; e, curiosamente, Lula e o PT certamente possuem curriculum e experiência bem inferiores aos representantes do psdb e demais clubes de interesses próprios que se chamam "partidos políticos", nos tópicos que vc apontou em sua matéria.
    grande abraço
    Murillo
    p.s.: para não ficar a falsa impressão de uma defesa de Hitler e/ou dos alemães desta minha resposta, gostaria de dizer que os israelenses (principalmente os ashkenazis) também não têm sangue de barata, e admiro-os, em alguns momentos, exatamente por estas qualidades.

    ResponderExcluir
  9. Prezado Porfírio
    Não entendi bem a "comparação" do brazil com a Alemanha Nacional Socialista da segunda Guerra Mundial, pois poucos povos modernos tiveram a hombridade e a coragem de lutar pelos seus direitos, que foram criminosamente retirados com o Tratado de Versalhes, como os Alemães lutaram. Os Alemães não têm sangue de barata, como muitos outros povos que se dizem soberanos gostam de anunciar aos 4 ventos. Comparar "brazileiros" com "alemães" é impossível, pois são 2 povos com histórias, trajetórias e determinações diametralmente opostas. Ademais, discordo igual e totalmente da designação de "pintor de paredes" para Adolf Hitler. Tenho os livros e as dezenas de aquarelas (muito bonitas por sinal) feitas por Hitler. Possuem qualidades artísticas inegáveis. E quanto ao fato de Hitler ter sido um cabo, ficou faltando informar que Hitler - como cabo - recebeu 2 medalhas Cruz de Ferro por heroismo em combate (quando então quase ficou totalmente cego), sendo que a segunda Cruz de Ferro por enfrentar e matar, sozinho, 15 inimigos entrinheirados. Mas o que quero ressaltar não é a aparência de defesa dos alemães e/ou de Hitler que esta minha resposta pode parecer indicar, pois Hitler e os alemães dispensam comentários adicionais de brazileiros. O que quero salientar é que o brazileiro médio possui muito a "cara do Lula" conforme vc descreveu em sua postagem. O Congresso Nacional, a Imprensa mainstream, e o Judiciário, por exemplo, estão repletos de pessoas muito pior do que o Lula ... Aliás, MUITO PIOR !!! Digo isto tudo porque senão fica parecendo que os "grandes vilões" deste país são os lulas da silva, quando sabemos que milhões de brazileiros gostariam de fazer "coisas" idênticas (ou pior) do que o nosso presidente fez (ou faz). Em suma, cada país tem, aproximadamente, os representantes assemelhados; e, curiosamente, Lula e o PT certamente possuem curriculum e experiência bem inferiores aos representantes do psdb e demais clubes de interesses próprios que se chamam "partidos políticos", nos tópicos que vc apontou em sua matéria.
    grande abraço
    Murillo
    p.s.: para não ficar a falsa impressão de uma defesa de Hitler e/ou dos alemães desta minha resposta, gostaria de dizer que os israelenses (principalmente os ashkenazis) também não têm sangue de barata, e admiro-os, em alguns momentos, exatamente por estas qualidades.

    ResponderExcluir
  10. Prezado Porfírio
    Não entendi bem a "comparação" do brazil com a Alemanha da segunda Guerra, pois poucos povos modernos tiveram a hombridade e a coragem de lutar pelos seus direitos, que foram criminosamente retirados com o Tratado de Versalhes, como os Alemães lutaram. Os Alemães não têm sangue de barata, como muitos outros povos que se dizem soberanos gostam de anunciar aos 4 ventos. Comparar "brazileiros" com "alemães" é impossível, pois são 2 povos com histórias, trajetórias e determinações diametralmente opostas. Ademais, discordo totalmente da designação de "pintor de paredes" para A.Hitler. Tenho os livros e as dezenas de aquarelas (muito bonitas por sinal) feitas por Hitler. Possuem qualidades artísticas inegáveis. E quanto ao fato de Hitler ter sido um cabo, ficou faltando informar que ele - como cabo - recebeu 2 medalhas Cruz de Ferro por heroismo em combate (quando então quase ficou totalmente cego), sendo que a segunda por enfrentar e matar, sozinho, 15 inimigos. Mas o que quero ressaltar não é a aparência de defesa dos alemães e/ou de Hitler que esta minha resposta pode parecer indicar, pois Hitler e os alemães dispensam comentários adicionais de brazileiros. O que quero salientar é que o brazileiro médio possui muito a "cara do Lula" conforme vc descreveu em sua postagem. O Congresso Nacional e o Judiciário, por exemplo, estão repletos de pessoas muito pior do que o Lula. Digo isto tudo porque senão fica parecendo que os "grandes vilões" deste país são os lulas, quando sabemos que milhões de brazileiros gostariam de fazer "coisas" idênticas (ou pior) do que o nosso presidente fez (ou faz).
    Murillo
    p.s.: para não ficar a falsa impressão de uma defesa de Hitler e/ou dos alemães desta minha resposta, gostaria de dizer que os israelenses (principalmente os ashkenazis) também não têm sangue de barata, e admiro-os, em alguns momentos, exatamente por estas qualidades.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo6:26 PM

    O dr Bicudo demorou muito para entender as companhias que tinha ao seu lado. Todos saben que o santo operário é fruto de uma engenhoca golberiana, engolida e digerida pelo próprio Bicudo. Com relaçao à enquete, concordo com o petralhas enrustidos que aqui postaram, inclusive com repetrições sucessibas. A s pesquisas válidas são aquelas respaldadas por institutos contratados a peso de ouro, que, conforme dito e mostrado pelo Jorge Kajuru ninguém que vc conhece foi sequer consultado uma úbica vez.

    ResponderExcluir
  12. Sempre deixei clato que não pretendia competir com o IBPOE. Isto aqui não é uma pesquisa, mas uma enquete, como centenas que existem na internet. Ela reflete apennas o universo dos nossos leitores, mnuito amplo, felizmente. Não tenho outra pretesão senão oferecer uma informação específica, que até me surpreende, pela grande vantagem do Serra.

    ResponderExcluir
  13. Esse tal de M. Costa e Silva tá mais para o Ditador da época do que os leitores de Porfirio. Falar que ignoramos o poder dos Americanos e de que serra Serra se curvaria para eles é um comentário de Petista radical. O Lulla ao mesmo tempo que se diz contra os Americanos, fica a mercê de um Chavez, de um Ahlmadinejad, de um Lugo, de um Evo e doos Farcqueanos. Onde está sua independência? Os Leitores de Porfirio não são teleguiados, São independentes e tem personalidade. N~~ao é por que o Lulla tem essa pobre popularidade de que pode impopr ao Pais qualquer mediocridade. Lembram do Maluf que impôs o PITTA? Pois é a Dilma é o Pitta amanhã. O LULLA deu dinheiro pra Paises, dinheiro de nossos impostos para obter cadeira permanente no C. de Seg. da ONU. Nós não somos elçeitores que se contentam com pão e circo queremos um Brasil Independente e livre de dívidas mas isso vai demorar para obtermos. O seu Cosata e Silva vai ver o que é bom com a DILMApitaia. Um abraço e que Deus pproteja este Pais. Afinal até a Dilma agora acredita em Deus.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Jornalista desde 1961, quando foi ser repórter da ÚLTIMA HORA, PEDRO PORFÍRIO acumulou experiências em todos os segmentos da comunicação. Trabalhou também nos jornais O DIA e CORREIO DA MANHÃ, TRIBUNA DA IMPRENSA, da qual foi seu chefe de Redação, nas revistas MANCHETE, FATOS & FOTOS, dirigiu a Central Bloch de Fotonovelas. Chefiou a Reportagem da Tv Tupi, foi redator da Radio Tupi teve programa diário na RÁDIO CARIOCA. Em propaganda, trabalhou nas agências Alton, Focus e foi gerente da Canto e Mello. Foi assessor de relações públicas da ACESITA e assessor de imprensa de várias companhias teatrais. Teatrólogo, escreveu e encenou 8 peças, no período de 1973 a 1982, tendo ganho o maior prêmio da crítica com sua comédia O BOM BURGUÊS. Escreveu e publicou 7 livros, entre os quais O PODER DA RUA, O ASSASSINO DAS SEXTAS-FEIRAS e CONFISSÕES DE UM INCONFORMISTA. Foi coordenador das regiões administrativas da Zona Norte, presidente do Conselho de Contribuintes e, por duas vezes, Secretário Municipal de Desenvolvimento Social. Exerceu também mandatos em 4 legislaturas na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, sendo autor de leis de grande repercussão social.